quinta-feira, 12 de junho de 2014

13 coisas sobre parto cesárea

Oi amores!!!!

Esses dias eu estava lendo uma reportagem sobre o parto cesarea, sobre 13 coisas que ninguém contou sobre esse tipo de parto, e resolvi dar a minha opinião, já que é pra isso que esse blog existe!

Vamos lá, podem começar a jogas as pedras, eu entendo, somente peço respeito, pois tenho o direito de ter a opinião que quiser, OK?

Então, como vocês sabem, o meu parto foi cesarea, parte por que não tinha outra opção, já que tive complicações durante a gravidez e parte foi porque escolhi cesarea...(OI?!? Sim, eu escolhi)

Acho que o Parto Normal deve sim ser encorajado, afinal de constas é o mais natural e é o que nosso corpo está programado para fazer, mas nessa minha vida de blogueira vejo alguns absurdos por aí, sou supera favor das mulheres serem mais naturais possíveis, mas algumas beiram a obsessão e demonizam o parto cesarea.

Já vi casos de mulheres que colocaram a sua vida e a do próprio filho em risco porque queriam porque queriam o bendito parto normal, natural, humanizado e etc...

Abaixo vou listar as 13 coisas que a reportagem cita, lógico que com meus pitacos! Mas fica aqui meu registro, fiz cesarea e de verdade, adorei, não doeu nada, em 1 semana eu já estava muito bem e cuidando do meu filhote sozinha, fora o fato de ter sido agendada me ajudou muito, pois pude me programar e cuidar de tudo que queria, e minha familia que mora em outra cidade pode acompanhar o parto!



Link da reportagem aqui:

Apesar de o parto normal ser a melhor opção para o bebê nascer, há mulheres que, pelo bem da sua saúde e a do filho, têm de fazer uma cesárea. Por ser uma cirurgia, esse tipo de parto tem algumas particularidades. Saiba quais são elas para não se assustar na hora – e nem depois.
 
1. De olhos bem abertos  Se você acha que vai dormir por causa da anestesia, está enganada! Não são usados sedativos durante o parto cesárea, porque, se a mãe é sedada, o bebê também é. Você estará consciente o tempo todo (até para ver o rostinho do seu filho pela primeira vez), mas não vai sentir dor.

O que é ótimo, fiquei super consciente o tempo todo e foi muito emocionante saber de tudo que estava acontecendo, inclusive, não dormi nem no pós parto!
 
2. Vão colocar uma sonda em você...
...mas não se preocupe! É logo depois da anestesia, então não vai sentir nada. Ela é necessária para esvaziar a bexiga, já que você vai passar algum tempo deitada durante e após a cirurgia.

Meninas, de verdade, você não sente nem quando põe nem quando tiram, numa boa!

3. Puxa-empurra durante o parto
A anestesia vai fazer com que você não sinta dor, mas, como ela não é geral e não tem sedativos, você pode ter algumas sensações. Na hora em que o bebê vai nascer, o médico faz força para posicioná-lo e ajudá-lo a sair e você pode sentir umas mexidas. Mas nada de dor!

Essa parte eu não achei legal não, na BOA! Eu não senti nenhuma dor, mas em compensação, me senti uma massa de pão sendo sovada, e era joga prum lado e joga pro outro que eu tive medo do meu umbigo ir parar entre as tetas...kkkkkkkkk (se bem que depois da gravidez o risco é que eles parem perto do umbigo...kkkkkkk...#ofase #torindopranãochorar #tetadeindia #siliconelogologo)

4. Você pode ficar enjoada
Como você vai ficar deitada, a barriga pode comprimir a veia cava e causar náuseas e queda de pressão. Os analgésicos também podem ter esses efeitos. Sentiu-se mal? Avise o anestesista. Ele vai pegar uma veia sua antes da cirurgia e é por ali que vão entrar os medicamentos necessários para corrigir qualquer alteração no seu metabolismo. O mal-estar pode surgir também depois do parto.

Não tive nada disso não, passei muito ais mal durante os enjoos da gravidez..rs...#dissonãotenhosaudade

5. Tem algo queimando aqui?
Se você sentir um cheiro de queimado, não se assuste: é o bisturi elétrico. Ele é usado em quase todas as cirurgias e o odor é por conta da cauterização dos tecidos.

Isso é punk, gentemmmmm, dá pra sentir um cheiro de carne queimada...me senti um boi sendo marcado...no caso uma vaca...rs

6. Será que fiquei com as pernas abertas?
Antes da anestesia, você fica com as pernas abertas para que logo depois seja colocada a sonda. Como o cérebro decora a última sensação antes da anestesia, pode parecer que as suas pernas continuam abertas durante a cirurgia. Mas é só uma impressão, porque assim que a sonda está no lugar certo, os auxiliares fecham as pernas da paciente.

Eu sinceramente nem pensei nisso, já que estava com tanta coisa aberta que a perna era o de menos...

7. Leve tremedeira
Pode ser nervoso, frio ou até efeito da anestesia (que causa perda de calor), mas o fato é que você pode tremer quando sair da sala de cirurgia. Os médicos sabem disso e, por isso, sempre colocam uma coberta antes da paciente ir para sala de recuperação. Fique tranquila, porque passa rápido!

RAPAZ...comigo não foi uma leve tremedeira não, foi uma tremedeira da PORRA mesmo...isso foi a unica coisa que me deu medo, pois batia os dois braços na maca e sentia muito frio, mas o anestesista disse que era normal e foi passando aos poucos, mas não vou mentir não...sustou!
 
9. Coceira no nariz
A morfina usada na anestesia pode provocar uma coceira no corpo e no rosto, mas isso é normal e passa em 24h. Se for muito intensa, o seu médico pode receitar medicações adequadas para cessar o desconforto.

Também não tive isso não!
 
10. Inchaço nos pés e nas mãos
Com o acúmulo de líquidos que acontece no seu organismo durante a gestação, é normal que você fique inchada nos primeiros dias depois do parto, principalmente nos pés e nas mãos. Apesar de ocorrer também em quem teve parto normal, é mais frequente nas mulheres que tiveram parto cesárea, porque a grávida fica mais imobilizada depois da cirurgia. Depois de uma semana, você começa a desinchar, mas repouso e drenagem linfática podem ajudar.

Na verdade eu senti meu corpo bem inchada, mas não as mãos e  nem os pés, mas em uns 3 dias passou (menos o inchaço na barriga que ainda esta aqui infelizmente! #pareceumapochete

11. Sua pressão pode cair ao se levantar
O jejum, as horas deitadas e os efeitos dos medicamentos podem fazer você ficar tonta na primeira vez que se levantar depois do parto. O ideal é ficar sentada na cama de 10 a 15 minutos antes e ter a ajuda de uma enfermeira nesse momento.

Sem problemas!

12. Mais remédios
Para controlar a dor e melhorar a sua recuperação, você vai continuar tomando alguns medicamentos em casa, como analgésicos e antiinflamatórios, por até sete dias. Mesmo assim, durante um mês, é normal sentir fisgadas ou dores no local da cirurgia de vez em quando.

 Não sei disso não, alias eu não tive que tomar nada, só analgésicos por 3 dias e o laxante que fez com eu sujasse até minha alma!

13. Um passo de cada vez
Lembre-se de que você acabou de passar por uma cirurgia, então é preciso tomar cuidado com movimentos bruscos. Não há problema em fazer caminhadas e atividades normais da casa, mas nem pense em abaixar e pegar peso. E dirigir... somente após 20 dias do parto. Se você pratica exercícios mais localizados, volte aos poucos e só depois de dois meses.

Isso eu tomei bastante cuidado, portanto futuras mamães...não abusem viu! O resguardo também é super importante!

6 comentários:

adriana lisboa disse...

Amei o blog e ja passei por 3 cesareas e bem assim mesmo.

luciana lucio disse...

amiga nunca tive cesárea, meus 2 partos foram normais (se é que posso chamar assim) sempre morri de medo da cesárea....

luma disse...

Acrescento o fato de ter que ficar deitada esperando a anestesia passar para poder se levantar. geralmente so deixam voce se levantar no dia seguinte 24 horas depois. nao deixaram nem eu levantar a cabeça. para mim isso foi a pior coisa porque eu queria cuidar logo do meu filho mas tive que aguentar nao poder trocar a primeira fraldinha dele e nao pegar ele no colo de imediato. ate chorei por causa disso rsrsrs

Vanessa Bastos disse...

Luma, vc acredita que eu sai da sala de parto eu já estava mexendo os pés, fiquei meia hora só no pôs parto e já subi pro quarto!

Vanessa Bastos disse...

E aí Lu, mas tu gostou do parto normal? Eu penso em tentar o normal pro próximo

luciana lucio disse...

Vanessa eu gostei do parto normal pq a recuperação é muito rápida e eu nas 2 gestações não tive ninguem pra me ajudar então foi divino eu ter podido ter o PN, porém o parto do Murillo foi punk ta...uma hora te conto imbox....rsrssr