segunda-feira, 23 de junho de 2014

Reviravolta no drama Trabalho!

Oi Meninas, Espero que esteja tudo bom com vocês!

Temos uma reviravolta emocionante no drama "Voltar ou não a trabalhar"...(tãtãtã...)

Como vocês já leram aqui (espero eu que tenham lido...rsrs), eu havia decidido a não voltar a trabalhar, e ficar em casa cuidando da cria;
Também falei naquele post de dois meses atrás, que mesmo sabendo que seria o melhor para o meu filho, eu não sabia como EU ia ficar, pois gosto muito de trabalhar, amo o que faço e estou sentindo muita falta...

Pois então, eis que na semana passada, fui eu toda feliz e contente (#SQN...a doida chorou por dois dias), na empresa pra pedir minha demissão, mas enfim o martelo estava batido, afinal era o melhor pro meu filho...

Eis que chego na sala da minha queridíssima chefe (SQN), e ela me vem com uma proposta indecente...rsrs

Antes preciso explicar pra que vocês entendam...eu tirei minhas férias 1 mês antes de sair de licença MAS PORQUE ESSA DOIDA FEZ ISSO????...porque diferente da maioria das mamães blogueiras eu não tenho o rabicó cheio de dinheiro, e eu precisava pegar a grana das férias pra pagar uma parte do meu parto e terminar o quartinho do Paulinho....logo, tive os 4 meses de licença maternidade contadinhos!!!!

Continuando, minha chefe me propôs que eu ficasse mais uns 15 dias em casa pra achar uma escolinha que eu goste e adaptar o baby, pois tinham alguns projetos pra mim na empresa (HÁ...me sentindo a EXECUTIVA...um tapa na cara da sociedade....kkkkkk)

Então pedi um prazo para tomar essa decisão e conversar com o marido...

Já achamos uma escolinha que parece ser ótima, abriu e tudo novinho, conheci toda a escolinha e gostei bastante do que eu vi, tem área gramada pros bebes interagirem com a grama, enfim, ainda quero ver outras mas curti essa!

Já chorei por 3 dias e cada vez que o baby sorri pra mim eu choro pensando em tanta coisa que vou perder (doida doida), mas tenho uma amiga que me disse uma vez uma coisa que ficou na minha cabeça: Mãe boa é mãe FELIZ!

E sem sombra de duvida, eu trabalhando serei mais feliz! Amo meu filho, mas gente, não é fácil cuidar dele 24 horas por dia, sinto falta de conversar com pessoas, sobre outros assuntos que não sejam fraldas e mamadeiras, sinto falta de ir e vir, de almoçar com as amigas e acima de tudo sinto muita falta dos desafios profissionais!

Estou levando em consideração também o fato de por ele ser bem novinho, ele não vai sofrer tanto com a adaptação (mas eu vou....kkkk), então é isso meu povo...volto a trabalhar...martelo batido de novo, pelo menos até a página 5...kkkkkk e se nada der certo eu peço as contas e venho pra casa correndo!

E vocês, como estão lidando com isso? tem alguém nessa situação?

Bjokas

3 comentários:

luciana lucio disse...

olha amiga eu concordo com vc quando vc cita sua amiga dizendo que mãe boa é mãe feliz, mas, não se engane com o fato dele sofrer menos na adaptação pq ele é pequeno, ele irá sofrer sim, independente da idade dele, mas o fato é que ele vai se adaptar, sofri muito quando minha pequena foi pra creche pq ela tinha 7 meses e não se adaptou, hj ja to com a pulga atrás da orelha, mas, Murillo vai pra creche com 6 meses, mas, a minha situação é um pouquinho diferente da sua afinal, eu trabalho na creche em que meus filhos estudam...beijos e beijos, torcendo aki pra que tudo de certo...

Anônimo disse...

Minha situação e diferente da sua porque eu não tenho a alternativa de parar de trabalhar. Eu tenho que voltar, mas estou sofrendo com a aproximação da separação. Sei que não sou a primeira nem serei a ultima a passar por isso e acredito que depois da adaptação tudo vai ficar bem.

Anônimo disse...

Cade você? Mande notícias